Q

Previsão do tempo

18° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 22° C
19° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 27° C
27° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 29° C

Cuidados continuados poderão chegar à Nazaré

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Confraria tem desde Julho um espaço físico e equipamentos para acolher unidade de cuidados continuados “Estudo de mercado” poderá vir a revelar-se decisivo O concelho poderá a vir a contar com unidade cuidados continuados numa valência já prevista pela Confraria de Nossa Senhora da Nazaré mas adiada pelo Governo em Julho passadoAntónio PauloNão é nova […]
Cuidados continuados poderão chegar à Nazaré

Confraria tem desde Julho um espaço físico e equipamentos para acolher unidade de cuidados continuados

“Estudo de mercado” poderá vir a revelar-se decisivo O concelho poderá a vir a contar com unidade cuidados continuados numa valência já prevista pela Confraria de Nossa Senhora da Nazaré mas adiada pelo Governo em Julho passadoAntónio PauloNão é nova a criação pela Confraria de Nossa Senhora da Nazaré (CNSN) de uma unidade de cuidados continuados, destinada a apoiar doentes que tenham tido alta hospitalar, mas que continuem a precisar de cuidados médicos. Esta é uma iniciativa que tem, pelo menos, um ano de existência e que ao abrigo de negociações com o Centro Distrital de Segurança Social de Leiria e Sub-Região de Saúde de Leiria, levou aquela instituição de solidariedade social a investir cerca de 120 mil euros em obras de beneficiação, na aquisição e instalação de equipamentos e até à contratação de algum pessoal especializado, disponibilizando 27 em 33 camas disponíveis. O projecto esteve com criação, entrada em funcionamento e apoios “garantidos” até 1 de Julho do ano passado, estando tudo a postos para entrar em funcionamento nesse mesmo mês.

Contudo, se Leiria era nessa altura um dos distritos pilotos para testar as primeiras unidades da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), acabou por sair da listagem inicial e o “garantido” apoio ao projecto da CNSN para implementar esta valência ficou parado à espera, como diria em Agosto passado, o presidente da instituição, Abílio Santiago, “de que Nossa Senhora da Nazaré que anda por aí, resolva esta situação, que não nos deixa de causar alguns problemas, face ao investimento efectuado e integralmente suportado pela instituição, e à não entrada das comparticipações estatais previstas”. As razões do adiamento para a implementação da valência na CNSN e no distrito de Leiria – para o qual se previa numa fase inicial a criação de 70 camas distribuídas por várias instituições – nunca foram totalmente clarificadas mas terão tido a ver com restrições financeiras -, mas Abílio Santiago, reiterava na ocasião, que “esta situação nada teve a ver com a Segurança Social de Leiria ou com a Sub-Região de Saúde de Leiria”. Agora com a criação da RNCCI, a implementação do projecto terá sido retomada pelo Centro Distrital de Segurança Social de Leiria, que está a promover “estudos de mercado” nos concelhos da Nazaré, Caldas da Rainha, Avelar & Figueiró dos Vinhos, afim de avaliar a “viabilidade económica” destas e de outras unidades hospitalares do distrito a cargo das instituições particulares de solidariedade social, que poderão vira a acolher a valência de cuidados continuados, mediante a adaptação ou reconversão de edifícios já existentes. “Não faz sentido estar a criar capacidade de resposta e construir novos equipamentos, quando não existe capacidade financeira da Segurança Social”, sublinhando que “menos de 20 utentes em unidades sem apoio hospitalar não é rentável, já que os custos de manutenção dos cuidados continuados são elevados”, frisou Fernando Gonçalves. Considerando ser cedo para indicar nomes de outras instituições que poderão igualmente acolher cuidados continuados, Fernando Gonçalves referiu que serão os estudos de mercado que irão definir os concelhos a receber aquela valência. Para já, em cima da mesa como possibilidades de criação da valência de cuidados continuados estão para além do hospital da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré, a clínica privada do Montepio Rainha D. Leonor em Caldas da Rainha, o hospital da Confraria da Nossa Senhora da Guia em Avelar e a Santa Casa da Misericórdia de Figueiró dos Vinhos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua