Q

Previsão do tempo

13° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 20° C
14° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 24° C
13° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 25° C

PSP ou GNR?

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A nova esquadra da PSP ou o novo quartel da GNR?Sindicato acentua as dúvidas sobre quem irá ocupar a nova edifício da Nazaré Sindicato diz que o Governo quer retirar a PSP da vila trocando-a pela GNR Carlos Barroso/António Paulo “Temos informações fidedignas recentíssimas, de que o Governo tem a intenção de proceder ao fecho […]

A nova esquadra da PSP ou o novo quartel da GNR?Sindicato acentua as dúvidas sobre quem irá ocupar a nova edifício da Nazaré Sindicato diz que o Governo quer retirar a PSP da vila trocando-a pela GNR Carlos Barroso/António Paulo “Temos informações fidedignas recentíssimas, de que o Governo tem a intenção de proceder ao fecho da esquadra da PSP na Nazaré”, afirmou ao REGIÃO, Armando Ramos, presidente do Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP). O sindicalista reforçou que “as informações que possuímos são muito recentes”, acrescentando que “a inauguração do novo edifício, a ser construído para instalar a PSP, poderá, muito bem, vir a ser efectuada já com a GNR lá dentro”.

Por outro lado, em comunicado, o SPP sublinha que a confirmar-se a mudança da PSP para a GNR na Nazaré, “é incompreensível, que sendo a PSP uma força de segurança que exerce funções nas áreas urbanas, tenha de sair destas, para dar lugar a outra força, vocacionada para as áreas rurais”. Classificando a eventual transferência de competências como “paradoxo”, o SPP sustenta que “a medida governamental trará avultados prejuízos para o público em geral, e para os agentes das forças de segurança”. Para o SPP, o cidadão ficará “prejudicado” com a hipotética saída da polícia da vila, vendo “comprometida seriamente a sua segurança”, até a força substituta “adquirir os conhecimentos detidos pela PSP, ao nível do meio, do público, do tipo de crime mais praticado e do modus operandi dos seus agentes”. Para o sindicato, também “serão prejudicados os agentes da PSP, que serão afastados do anterior posto de trabalho, onde residem com as suas famílias, onde os seus filhos estudam e por último, onde conhecem o meio, os cidadãos e os problemas que os afectam”. “Para além dos inconvenientes de ordem social, profissional e familiar, existem ainda outros, como por exemplo, o financeiro” aponta o SPP, referindo-se ao “pagamento de 60 dias de ajudas de custo, e ao pagamento diário de cerca de 40 euros aos agentes da PSP”, o mesmo sucedendo, com os agentes da força substituta. O REGIÃO tentou obter durante o dia de ontem (terça-feira), mas sem sucesso, uma posição do ministério de Administração Interna, sobre as declarações do sindicalista Armando Ramos. Também resultaram infrutíferas até ao fecho da edição, as tentativas de obter de Jorge Barroso, presidente da Câmara Municipal da Nazaré, uma posição sobre as “informações” detidas pelo SPP. Contudo, recorde-se que em Fevereiro passado, depois de ter sido recebido pelo ministro António Costa, o edil manifestou em reunião de executivo a “satisfação” pelo modo como o governante estava “a par do dossier PSP da Nazaré”. Na mesma reunião, o executivo municipal aprovou, por unanimidade, uma moção a reivindicar o reforço de efectivos da PSP na vila, quer pelas “necessidades sentidas”, quer pelo facto da projectada entrada em funcionamento da nova esquadra local, permitir acolher mais agentes em melhores condições.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua