Q

Previsão do tempo

14° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 17° C
14° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C
14° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C

“Rota dos Monumentos Património Mundial”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Isabel Pires de Lima foi recebida por alunos da Escola Básica 2/3 Frei Estêvão Martins vestidos de fradesMinistra da Cultura esteve em Alcobaça no Dia Mundial dos Monumentos e Sítios“Rota dos Monumentos Património Mundial” intensifica proximidade física e histórica dos Mosteiros de Alcobaça e Batalha e Convento de Cristo em Tomar Liliana JoãoIsabel Pires de […]

Isabel Pires de Lima foi recebida por alunos da Escola Básica 2/3 Frei Estêvão Martins vestidos de fradesMinistra da Cultura esteve em Alcobaça no Dia Mundial dos Monumentos e Sítios“Rota dos Monumentos Património Mundial” intensifica proximidade física e histórica dos Mosteiros de Alcobaça e Batalha e Convento de Cristo em Tomar Liliana JoãoIsabel Pires de Lima, ministra da Cultura, esteve presente no passado dia 18, em Alcobaça, no âmbito das comemorações do Dia Mundial dos Monumentos e Sítios. Esta visita teve como principal objectivo apresentar o projecto de constituição da rede dos três monumentos Património Mundial da região: os Mosteiros de Alcobaça e da Batalha e o Convento de Cristo em Tomar.

Esta rota, apresentada no Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, é uma proposta de “usufruto integrado de três grandes monumentos nacionais, três jóias do património português, com grande proximidade física e alguma proximidade histórica”, explicou a ministra da Cultura. Isabel Pires de Lima acredita que “se conseguirmos pôr os monumentos a funcionar em rota, vamos conseguir potenciar aquilo que oferecem ao turista e aos cidadãos das diversas cidades”. Assim, para a ministra, “projectos como este indicam o caminhar no sentido não só da rede do património, mas da sustentabilidade económica que importa criar”. Para que isto aconteça, Isabel Pires de Lima diz que “importa encontrar estratégias que atraiam o mais possível o património à comunidade”, sendo necessário “criar um vinculo crescente entre o património e a sociedade”, já que “ o património tem um papel muito importante na construção do nosso futuro”. A ministra da Cultura defendeu ainda, que “existe, actualmente, a necessidade de encontrar estratégias que façam com que as comunidades sintam o património como coisa sua”. Contudo, a ministra lembrou que “não pode ser só o Ministério da Cultura a cuidar do património”, defendendo o envolvimento “da sociedade civil”. Durante a cerimónia da apresentação do projecto, Gonçalves Sapinho, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, sublinhou a importância da promoção em rede dos três monumentos que integram a Rota Património Mundial, tendo em conta que Alcobaça, Batalha e Tomar serão servidas, a prazo, pelo Itinerário Complementar (IC) 9, via que ligará também a A8, a A1 e o IC2.Monumentos mais que pedraQuanto à “Rota Património Mundial”, Henrique Parente, vice-presidente do Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR), disse que “ela corresponde à primeira materialidade do desejo do IPPAR de que os monumentos fossem mais do que pedra”, já que “os monumentos deviam ser vividos pela comunidade e serem aproveitados economicamente”. Entendida como “uma mais valia”, esta “Rota dos Monumentos Património Mundial” irá possibilitar o funcionamento dos três monumentos, que têm tanta coisa em comum e actualmente são tão pouco aproveitados”. O presidente do IPPAR, Elísio Summavielle, explicou por sua vez que “se esta rede trabalhar em harmonia, será uma mais valia para os três monumentos e respectivas comunidades”, referindo ainda que “esta rede tem que ser transversal e abrir-se tanto a nível local, como regional e nacional”. “É necessário que Portugal trabalhe também ao nível do turismo”, acrescentou ainda o presidente do IPPAR. Triângulo monumental“Estes três conjuntos monásticos definem o triângulo monumental mais importante do centro de Portugal”, como se pode ler na brochura sobre a “Rota Património Mundial”. Segundo os responsáveis pela divulgação deste projecto, este três monumentos “reflectem o cruzamento das grandes correntes internacionais da história e da arte europeia. Sinalizam as origens, a afirmação e o desenvolvimento de Portugal, entre o século XII e o século XIX. No século XIX foram os primeiros monumentos históricos e artísticos a integrar o património cultural português. O Convento de Cristo e o Mosteiro de Alcobaça pertencem à época da reconquista cristã” e “o Mosteiro da Batalha simboliza a nação portuguesa no prosseguimento da sua independência (…) cujos primeiros traços são da arquitectura “manuelina” da Igreja de Tomar”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Banda Ya Voltagem anuncia Lançamento de Novo Single “Faz de Conta”

A banda de pop eletrónico Ya Voltagem anunciou a primeira e mais recente criação com o lançamento do novo single “Faz de Conta” para meados de maio. Faz de Conta gira em torno de uma história que retrata a incapacidade de amar por parte de duas pessoas “por não...

banda