Q

Previsão do tempo

18° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 22° C
19° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 27° C
24° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 29° C

SAP não encerra…para já

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
José Miguel Medeiros (à direita) visitou Centro de Saúde considerando as “instalações dignas”Questões em torno da saúde dominam visita do Governador Civil de Leiria à NazaréAutarcas reivindicaram um novo Centro de Saúde e ficaram a saber que o SAP não encerra no imediato António Paulo O Governador Civil de Leiria, José Miguel Medeiros, esteve na […]

José Miguel Medeiros (à direita) visitou Centro de Saúde considerando as “instalações dignas”Questões em torno da saúde dominam visita do Governador Civil de Leiria à NazaréAutarcas reivindicaram um novo Centro de Saúde e ficaram a saber que o SAP não encerra no imediato António Paulo O Governador Civil de Leiria, José Miguel Medeiros, esteve na passada quarta-feira na Nazaré, no âmbito do programa de visitas que está a realizar aos concelhos do distrito, com o dia a ser preenchido com reuniões de trabalho em torno das áreas da prevenção e combate a incêndios florestais, segurança rodoviária e das populações, acessibilidades, segurança social, educação e saúde. E foi esta última temática que concentrou a maior atenção dos autarcas nazarenos, tendo em conta as condições de funcionamento do actual Centro de Saúde, e as indicações que têm vindo a público, sobre o encerramento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP), a funcionar em instalações do Hospital da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré.

Depois de uma visita às instalações do Centro de Saúde, que José Miguel Medeiros considerou “dignas”, foi levada a cabo uma reunião com Isidro Costa, director da Administração Sub-Regional de Saúde de Leira, durante a qual, o presidente da Câmara, Jorge Barroso, colocou a tónica na necessidade de construção de um novo centro de saúde, alegando que as instalações actuais “que se encontram degradadas e não apresentam as condições adequadas à prestação de um serviço de qualidade aos utentes”. Isidro Costa respondeu que não é possível construir um novo centro de saúde no “imediato” e que, por isso, “torna-se necessário melhorar os equipamentos menos adequados e rentabilizar o que está disponível no momento”. Este responsável manifestou a sua “concordância” com a construção do novo Centro de Saúde, esclarecendo que a obra terá de ser inscrita em PIDDAC, o que actualmente não se verifica. Em relação à possibilidade de encerramento do SAP, Isidro Costa afirmou que “nada está decidido”, salientando que uma decisão “está dependente da implementação das Unidades Básicas de Urgência”. “O que posso garantir é que a chamada Extensão de Saúde do Sítio, vai manter-se a funcionar”, afirmou Isidro Costa, adiantando ainda que o “Centro de Saúde da Nazaré vai ser remodelado, de modo a poder vir a acolher as Unidades Familiares de Saúde”.No final da reunião, Jorge Barroso, referiu aos jornalistas sair do encontro “não menos preocupado, mas pelo menos, mais esclarecido” quanto ao estado actual e futuro dos serviços de saúde, sublinhando que “o SAP não vai encerrar para já”, mostrando-se convicto de que “na hora da decisão, dadas as especificidades e a sazonalidade da sua população”, o concelho “terá um tratamento adequado”.“O concelho mais seguro do distrito”Do período reservado à abordagem das questões de segurança das populações – o qual contou com a participação do comandante do Grupo Territorial de Leiria da GNR, o 2.º comandante Distrital da PSP e do chefe da Esquadra da PSP da Nazaré -, ressaltou a conclusão estatística de que “a Nazaré é o concelho mais seguro do distrito”, como fez questão de salientar aos jornalistas José Miguel Medeiros. Alberto Pinheiro, comandante da GNR, referiu que no ano transacto foram registados 150 crimes na área de intervenção da GNR na Nazaré, o que dá uma média diária de 0,4 crimes. Estes dados revelam que o Posto de Valado de Frades se encontra significativamente abaixo da média do distrito no que se refere ao total de crimes registados. Orlindo Freire, da PSP de Leiria, corroborou aquela leitura, referindo que, tendo em conta o número de eventos que a Nazaré acolhe e a flutuação da população – que aumenta significativamente em determinados períodos do ano-, pode considerar-se que este é um concelho seguro. No que diz respeito ao tráfico de droga, este responsável referiu que, dada a localização geográfica do concelho, os registos de detenções por tráfico e a quantidade de droga apreendida, apesar de “elevados no contexto distrital, não são preocupantes”.No que concerne aos dados estatísticos relativos aos incêndios florestais no ano passado, foi referido que o concelho da Nazaré registou uma área ardida de apenas 10 hectares, o que corresponde a 0,2 por cento da área do município. Na abordagem a este dossier – que contou com as presenças de Alberto Mendes, comandante dos Bombeiros Voluntários locais e do 2º comandante Distrital, Carlos Guerra -, constatou-se que a Nazaré foi um dos concelhos do distrito menos atingido pelos incêndios florestais de 2005.Pontão de Famalicão vai para obrasOutra temática abordada na reunião foi a rede viária que serve o concelho, com Jorge Barroso a solicitar esclarecimentos sobre a Variante à Nazaré e ao IC9. Susana Jordão, técnica da Direcção de Estradas de Leiria, adiantou que a Variante à Nazaré está em fase de elaboração de projecto e que, neste período, a autarquia poderá apresentar as suas propostas de traçado, uma vez que o projecto só estará concluído no final do ano. Em relação ao IC9, este encontra-se em fase de análise de propostas. Na área da segurança social, o presidente da Câmara questionou Fernando Gonçalves, director do Centro Distrital de Leiria da Segurança Social, em relação a possíveis acordos com o Centro Social e Comunitário de Famalicão e com o Centro de Dia e Lar de Valado dos Frades. Fernando Gonçalves disse que já ter agendada uma reunião com a direcção do Centro Social, e que vai marcar também uma reunião com os responsáveis pelo Centro de Dia para discutir este assunto. Por fim, na área da educação, o presidente da Câmara apresentou o projecto da autarquia de construir uma escola secundária, tendo em conta a reestruturação em curso da rede escolar do 1.º Ciclo. João Barbosa, Coordenador Educativo do Oeste, elogiou a intenção da Câmara, mas incentivou município a avançar “prioritariamente” com a elaboração da Carta Educativa do concelho, que incluirá todos os projectos escolares pretendidos pela autarquia, tanto mais, que “o acesso a financiamentos para a construção de equipamentos escolares terá necessariamente que passar pela elaboração da Carta Educativa”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua