Q

Previsão do tempo

13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 17° C
13° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 19° C
12° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 21° C

Aves fora das capoeiras

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Quatro dos seis mercados do concelho de Alcobaça voltam a ter à venda avesA autoridade sanitária levantou a interdição de venda de aves nos mercadosOs comerciantes de aves voltaram a vender em quatro dos seis mercados do concelho de Alcobaça mas respeitando um plano de biosegurançaLiliana JoãoA venda de espécies avícolas tem estado condicionada nas […]

Quatro dos seis mercados do concelho de Alcobaça voltam a ter à venda avesA autoridade sanitária levantou a interdição de venda de aves nos mercadosOs comerciantes de aves voltaram a vender em quatro dos seis mercados do concelho de Alcobaça mas respeitando um plano de biosegurançaLiliana JoãoA venda de espécies avícolas tem estado condicionada nas feiras e mercados, através de medidas de prevenção face à gripe das aves. Cumprindo com directivas comunitárias, a Direcção Geral de Veterinária (DGV) estabeleceu que os mercados de venda de aves, para serem autorizados, têm que cumprir um conjunto de condições, como é o caso da limpeza dos locais de venda e a manutenção dos animais em jaulas ou caixas que não podem tocar no chão, sujeitas a avaliação do médico veterinário municipal.

No entanto, e devido a reuniões da Federação dos Agricultores do Distrito de Leiria (FADL) com os responsáveis autárquicos da região, no sentido de ser permitido o levantamento das restrições, com a garantia de que os produtores e vendedores cumprirão todas as exigências da DGV, desde a semana passada que a venda de aves voltou a ser permitida em quatro dos seis mercados do concelho de Alcobaça. A autoridade sanitária levantou a interdição imposta como medida de prevenção, entrando em vigor um plano de biosegurança nos quatro mercados de Alcobaça, a realizar às segundas-feiras e sábados, Benedita e Pataias, todos os domingos e Turquel, no mercado mensal. Segundo Cristina António, veterinária da Câmara Municipal de Alcobaça, “foi instituído um sistema de registo em que é verificado pelos funcionários do Gabinete Veterinário do município de quantas aves entram no mercado e quantas são vendidas”. Antes e depois da venda das aves, os recintos são vistos e desinfectados, tal como acontece com as viaturas de transporte de aves, uma fiscalização efectuada por técnicos municipais e que acontecerá no início, durante e após o mercado ao ar livre. Aves à venda em AlcobaçaDevido às medidas de prevenção, a venda de aves no concelho de Alcobaça ficou interdita durante cerca de 40 dias. A venda de aves no Mercado Municipal de Alcobaça recomeçou no passado dia 28, mas ao ar livre, no parque de estacionamento nas traseiras do recinto. Cristina António disse ao REGIÃO que “o primeiro dia de venda correu na normalidade até porque os vendedores já estavam informados das condições a que estavam sujeitos para poderem vender, através de várias reuniões que foram entretanto feitas”. A veterinária confessou que os sete vendedores que estiveram a vender no primeiro dia depois da interdição, fizeram algumas queixas, nomeadamente “em relação prejuízo que tiveram durante o mais de um mês que não puderam vender no mercado”, mas Cristina António acredita que “os vendedores só têm que aproveitar esta oportunidade para venderem os seus produtos, respeitando as regras que lhe são impostas”. No entanto, no concelho de Alcobaça continua a não ser autorizada a venda de aves nos mercados de São Martinho do Porto e Alfeizerão, “por se encontrarem numa zona de risco”, explicou a veterinária municipal.Segundo António Ferraria, presidente da FADL, “os vendedores terão que respeitar as regras para poderem vender e fazer um rigoroso controlo das aves vendidas e das não comercializadas”. António Ferreira acredita que estas medidas “se justificam já que temos um problema em mãos. Temos que nos prevenir e tomar as medidas mais convenientes. Para isso, terá que haver uma total colaboração dos vendedores”. Para que possam vender, os comerciantes de aves têm que ser previamente registados pelas câmaras municipais ou juntas de freguesia dos locais em que se realizam os mercados, e os serviços municipais terão de assegurar na área, as condições da venda e de limpeza antes e após o encerramento do mercado.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Regulamento da ALEB apresentado na Junta de Freguesia da Benedita

A apresentação da versão final do regulamento da Área de Localização Empresarial da Benedita, que já contempla já os contributos prestados pelos membros da assembleia de freguesia, que marcaram presença na reunião de câmara descentralizada, do passado dia 21 de...

aleb