Q

Previsão do tempo

13° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 20° C
14° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 24° C
13° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 25° C

Hélder Ornelas voou à frente dos africanos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Hélder Ornelas venceu a “XXXI Meia Maratona Internacional da Nazaré”Português impôs-se de forma categórica na Meia da NazaréMilhares de pessoas acorreram à marginal para verem o colorido de mais uma edição da Meia da Nazaré e aplaudirem a vitória incontestada de Hélder OrnelasJoaquim José PaparrolaO atleta do Maratona Clube de Portugal, Hélder Ornelas, dominou e […]

Hélder Ornelas venceu a “XXXI Meia Maratona Internacional da Nazaré”Português impôs-se de forma categórica na Meia da NazaréMilhares de pessoas acorreram à marginal para verem o colorido de mais uma edição da Meia da Nazaré e aplaudirem a vitória incontestada de Hélder OrnelasJoaquim José PaparrolaO atleta do Maratona Clube de Portugal, Hélder Ornelas, dominou e venceu de forma incontestada a “XXXI Meia Maratona da Nazaré” que foi para estrada no passado dia 13 de Novembro, batendo um lote de atletas africanos, que muitos antes do tiro de partida apostavam integrar o teórico vencedor da competição.

Na prática não foi assim e Ornelas cerca de 500 metros depois da partida guindou-se à liderança da prova e foi ganhando segundo após segundo aos seus mais directos perseguidores, para chegar à meta com uma vantagem de 40 segundos sobre o segundo classificado Philmon Kisang e 1m 33s sobre Paul Korir, que acabou na terceira posição. Não foi uma prova fácil para os 1 509 atletas que alinharam à partida – entre os quais um dos gémeos Castro e o governador civil do distrito de Leiria, José Miguel Medeiros -, dada a temperatura baixa e o fortíssimo vento que se fez sentir, nomeadamente no retorno de Famalicão, mas para Hélder Ornelas, em particular, o sacrifício foi bem maior, já que teve de lutar sozinho com as condições climatéricas adversas e com os atletas africanos, que apesar de atrasados nunca deixaram de imprimir um ritmo forte aos seus andamentos, sempre à espreita de uma quebra atleta português.No sector feminino, depois do domínio inicial de Caroline Kwambai, o triunfo foi parar às mãos da russa Natália Valgina com a marca de 1h 13m 46s, com a queniana a quedar-se pela segunda posição com o tempo de 1h 14m 34s, enquanto que a portuguesa Fátima Silva com o crono de 1h 16m 45s, subiu pela décima terceira vez ao pódio numa prova de cujo historial já faz obrigatoriamente parte.Na «Volta à Nazaré», prova destinada aos atletas juniores, em masculinos venceu André Silva do Liberdade F.C. no sector feminino a triunfadora foi Sónia Alves, da UD Zona Alta, tendo estes dois atletas desenvolvido provas em que dominaram sem grande oposição a restante concorrência. No sábado dia 12, realizou-se a já tradicional “Meia do Futuro”, num conjunto de provas destinadas aos mais jovens e que já vai na sua quinta edição e que contou com a participação de 136 jovens atletas de ambos os sexos divididos por vários escalões. Sidney Alcobia e Ana Morgado triunfaram nos Benjamins A, enquanto que em Benjamins B, Sérgio Pinto e Ana Santos, cortaram a meta nos primeiros lugares. Nos Infantis, os vencedores foram Fábio Vale e Ana Fernandes. Nos Iniciados André Faria e Catarina Vieira, venceram respectivamente nos seus escalões, e por fim, em Juvenis, João Antunes e Vanessa Azevedo subiram ao lugar mais alto do pódio.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua